Zion National Park

Como todos os parques, Zion não deixa a desejar, tem sua beleza singular e perfeitamente desenhada pela natureza, por onde você olhar consegue deslumbrar o quanto a água e o vento esculpiram as rochas com o passar dos anos. Todos os lados tem formações rochosas imensas que eu não conseguiria descrever em palavras o sentimento de estar diante de tamanha imensidão.

Zion National Park

Mas ele tem uma outra peculiaridade, é um lugar extremamente difícil de fotografar, principalmente amadores como eu, no último ano houve um aumento significativo de pessoas indo visitá-lo, e eu acredito que um dos motivos seja a dificuldade de fazer jus ao lugar por fotos, quando você o conhece a única forma de descrevê-lo a seus amigos e conhecidos é que tirem um tempo e façam uma viagem até o lugar para verem tudo com os próprios olhos.

Foto: Ozeias Sant’ana

O Zion me ensinou que preciso aprender a usar minha câmera corretamente, mas ainda bem que sempre viajo com meu fotógrafo preferido e para a sorte de quem lê esse blog teremos fotos boas para vocês terem um gostinho do lugar.

The Zion Narrows

A caminhada neste lugar começa com toda uma preparação de roupas a prova d’água, calçados para canoagem, meias de neoprene e uma “bengala” para ajudar sua travessia. Como não temos experiência nesse tipo de situação, com correntezas e perigos de enchentes a qualquer momento, – o tempo é imprevisível – preferimos alugar todo equipamento disponível e ficarmos o mais preparados possível. Alugamos nosso equipamento em uma loja especializada, logo na entrada do parque, inclui um vídeo de orientação sobre o que fazer caso as coisas saiam do controle. Dois dias antes tinha acontecido um fluxo enorme de água o que faziam muito tempo que não acontecia, então todos estavam bastante alertas e as águas estavam um pouco acima do normal.

Com estreitas paredes rochosas formando um cânion, o rio fluindo a sua volta, ao mesmo tempo que você tenta se equilibrar também tenta absorver toda a beleza que te cerca, alguns pontos a luz do dia tem dificuldade de penetrar de tão perto que as rochas estão acima de você, faz tudo ficar ainda mais bonito. É uma aventura inesquecível, andamos umas 7milhas (+ ou – 11km), tentando achar os lugares mais fáceis para atravessar e conseguir com que essa caminhada fosse muito bem aproveitada.

Clear Creek

Esse lugar é um pouco menos complicado que o Zion Narrows, aqui você caminha por um rio seco, se o tempo estiver para chuva tem que cuidar porque a qualquer momento ele pode estar cheio. Uma das coisas importantes para você observar no Zion é a previsão do tempo, porque se começar a chover uma boa partes dos pontos são extremamente perigosos, imagine que são valas enormes e que você está dentro.

Emerald Pools

Essa é uma trilha muito gostosa de fazer, o cenário vai mudando aos poucos conforme você vai subindo, daquelas trilhas que você para muitas vezes para admirar tudo a sua volta. Tem cachoeiras, pequenas piscinas naturais e formações rochosas que mais parecem obra de arte.

Canyon Overlook Trail

Depois da primeira subida que quase arranca seu pulmão fora, a trilha é quase o tempo todo nivelada, mais ou menos 1.5km para chegar a está vista maravilhosa.

Canyon Junction Bridge

Você cruza praticamente o tempo todo nessa ponte, mais a melhor hora do dia para fazer uma bela foto é no pôr do sol, a ponte fica cheia de fotógrafos tentando seu melhor click.

Kolob Terrace Road

Um dos dias resolvemos pegar a estrada para dar uma descansada das trilhas, pegamos uma rodovia chamada Kolob Terrace Road que nos levou a vários pontos lindos, nesse momento eu já não sabia mais quando estávamos dentro do parque e quando não estávamos. Um dos pontos ficamos atolados na neve, ainda bem que tinha uma alma caridosa e nos tirou do sufoco.

Esse foi um pouquinho do Zion para vocês conhecerem, muito obrigada ao Ozéias Sant’ana pelas fotos, deixou meu blog muito profissional, sem elas esse post estaria arruinado.

Para quem quiser saber sobre hospedagem clique aqui. Até a próxima aventura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *