Sugar Pine Point State Park

Sugar Pine Point

Esse lugar foi o destaque da minha segunda viagem para Lake Tahoe. É um parque estadual situado na California, daqueles lugares maravilhosos que você chega e não quer mais sair. Todo lado que você olha é lindo, areia limpa, água cristalina, árvores enormes e grama bem cuidada. O clima estava perfeito, poucos turistas, algumas famílias e amigos aproveitando o dia, a água, relaxando e fazendo picnic.

Sugar Pine Point
Sugar Pine Point

Para entrar no parque você paga $10, mas esse valor vale para a estrada de todos os parques da California. Não sei se o mesmo acontece para os parques de Nevada. Com mais $10 (por pessoa) você pode aproveitar e fazer um tour pela mansão de Hellman-Ehrman, também conhecida como Pine Lodge. Não fizemos esse tour, mas já está na minha lista para a próxima viagem.

Sugar Pine Point
Pine Lodge

A mansão foi construída em 1903 por Isaias W. Hellman um banqueiro rico de San Francisco, para passar suas férias de verão, a qual permanece com as características da época. O tour promete uma visão interessante de como era o estilo de vida dos ricos em Lake Tahoe na época. A família de Hellman passou muitos verões na propriedade, a terra foi vendida ao estado em 1965, quando foi aberto como parque. A família ainda fornece fundos para a manutenção da mansão e propriedade.

Sugar Pine Point
Sugar Pine Point

Não sei se tem como um lugar ser mais bonito que o outro em Lake Tahoe, mas esse certamente é o meu preferido. Possui áreas de camping, trilhas, praia, píer,  picnic, pescaria, aluguel de barco, trilha para bicicletas, entre outros zilhões de coisas para fazer. No inverno as atividades e programas são mais restritos, mas mesmo assim você consegue aproveitar. Aceitam também eventos especial como casamento, reunião familiar, escolar ou jantar corporativo. Aqui você encontra mais informações sobre o parque. O lugar é simplesmente maravilhoso e vale a visita caso você esteja passando pela região.

Foto: Ozéias Sant’ana
Edição: Kátia Vilelva


Also published on Medium.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *